Entenda o que é e como aplicar a metodologia Scrum na sua empresa

Todos aqueles que já se envolveram com gerenciamento de projetos sabem que os desafios são muitos e renovam-se a cada dia. Para otimizar toda a rotina empresarial, foram criados novos métodos e boas práticas para manter as empresas competitivas e eficientes. Neste post, vamos conhecer um deles: a metodologia Scrum.

Bastante versátil, o Scrum tem sido usado por diversos segmentos, com atuação significativa na área de tecnologia da informação. Isso se explica pela eficácia na entrega de resultados e na agilidade geral dos processos. Vamos descobrir mais sobre a ferramenta!

O que é a metodologia Scrum?

O Scrum é uma das metodologias conhecidas como ágeis. Seu objetivo é otimizar o trabalho dos gestores e auxiliar no planejamento dos processos. Com esse método, é possível controlar a evolução e o desenvolvimento dos produtos, de forma eficaz e respeitando os prazos, as metas e as diretrizes.

É importante notar que as metodologias ágeis são iterativas, baseando-se em procedimentos de repetição. O Scrum trabalha com ciclos mais curtos de atividades conhecidos como sprints, ideais para o desenvolvimento de tarefas, operando com datas de início e fim. No início de cada sprint, é realizada uma reunião geral de planejamento.

Esses encontros servem para identificar riscos e deficiências, além de prover discussões sobre as atividades prioritárias para a companhia. Essa metodologia aplica organização e otimização aos processos, tornando as atividades mais ágeis e escaláveis.

Como aplicá-la em sua empresa?

A metodologia é bastante flexível e apresenta a possibilidade de ser adaptada aos mais diversos tipos de negócio. Para obter resultados mais significativos, é fundamental contar com, ao menos, um profissional especializado. Um deles é o Scrum Master, o encarregado pelas funções gerais do time de desenvolvimento. Outra ocupação é de Product Owner, o representante do público — alguém que pense como um cliente em potencial.

Contando com colaboradores de alto nível, é possível implementar uma estratégia bem-sucedida e definir o local ideal de trabalho. Para gestores ainda pouco familiarizados com a metodologia, é uma boa medida implementá-la em um projeto inicial, de baixo risco. Desse modo, é possível testar as funcionalidades do Scrum e compará-las aos métodos anteriores, mais convencionais, de gestão.

Quais são os principais benefícios da implementação?

Uma vantagem importante da implementação é a adaptabilidade oferecida pela ferramenta. Os meios mais tradicionais são mais fechados e pouco flexíveis, utilizando modos rigorosos para obter resultados. Já a filosofia do Scrum parte do princípio de que projetos podem ser imprevisíveis em suas diversas etapas e necessitam de uma capacidade maior de adaptação a alterações forçadas.

A metodologia ainda oferece mecanismos mais precisos de feedback contínuo para os colaboradores e prestadores de serviços, gerando mais transparência nos processos e mitigando os ruídos na comunicação. Dessa forma, é possível avaliar as diversas etapas e os resultados gerados em tempo real, corrigindo falhas antes que comprometam o produto final.

Os profissionais envolvidos também se sentirão motivados com o feedback constante, já que essa comunicação vai gerar uma melhor compreensão das funções exercidas. Outro benefício significativo é a eficiência: com o Scrum, as equipes priorizarão os trabalhos mais urgentes no momento, em vez de operarem com objetivos abstratos que consomem o tempo disponível para cada sprint.

Como vimos neste artigo, o Scrum é parte dos métodos ágeis designados para oferecer maior flexibilidade para o desenvolvimento de atividades especiais dentro das rotinas empresariais, ao contrário das formas mais antigas de gerenciamento, que operam com um ciclo fechado e resistente a alterações e mudanças necessárias.

A metodologia Scrum revolucionou a gestão como conhecemos hoje, gerando uma capacidade diferenciada de comunicação entre os diferentes setores de uma companhia. Além disso, pode ser implementada em tarefas que envolvam menos pessoal, preparando as equipes para trabalhos mais ambiciosos.

Gostou do post e quer conhecer metodologias eficientes para o gerenciamento de projetos? Então, aproveite a visita e leia agora mesmo o nosso post sobre o assunto!

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *