8 dicas para garantir o crescimento sustentável de uma empresa

A expansão dos negócios é o objetivo de toda empresa. Muitas delas têm o potencial para atingi-lo, desde que adotem as diretrizes e planejamento adequados. Neste post, vamos conhecer algumas dicas importantes para atingir o crescimento sustentável.

Muitas companhias conseguem boas margens de lucro e muitos clientes, mas acabam sucumbindo ao alcançarem um novo patamar para o qual não estavam inteiramente preparadas. O crescimento sustentável é a capacidade que possibilita à instituição expandir seus negócios ao mesmo tempo em que capacita o seu pessoal e melhora a sua infraestrutura.

Para alcançar esse objetivo, é preciso traçar estratégias de acordo com as necessidades de cada organização. Vamos conhecer alguns passos importantes para alcançar o crescimento sustentável de uma empresa. Confira!

1. Vender e fidelizar

Para conquistar novos clientes e manter um relacionamento duradouro com os consumidores já fidelizados, é fundamental observar e mapear o comportamento do seu público-alvo. Um bom começo é verificar se os consumidores que já se relacionaram com a sua empresa continuam priorizando os seus produtos em detrimento da concorrência.

Fidelizar o cliente não é somente estabelecer uma relação temporária que termina com a emissão da nota fiscal. Ter fiéis à sua marca é garantir, também, toda uma rede de transmissão da qualidade dos produtos oferecidos para outras pessoas.

2. Valorizar o conhecimento

Um importante passo para o crescimento sustentável é a gestão do conhecimento em sua empresa. Valorizar a coleta e a análise de informações é essencial para otimizar os processos e as atividades de uma companhia.

Segundo o autor Nihad Fassal Bassis, em seu livro “Gerência de Projetos aplicada à Gestão do Conhecimento”, é importante elaborar uma lista de iniciativas necessárias para formação de uma “cultura voltada para a valorização do conhecimento”.

Os gestores devem se reunir com a equipe com o objetivo de discutir como a formação dessa cultura pode otimizar a realidade organizacional. A gestão do conhecimento, afirma Bassis, é uma ampla coleção de boas práticas organizacionais com o objetivo de produzir um ou mais estados futuros desejados.

3. Capacitar a equipe

Não adianta muito investir desmedidamente em gestão se os benefícios serão monitorados e trabalhados por colaboradores que não correspondem ao nível de profissionalismo ambicionado pela empresa. É essencial investir na capacitação e no desenvolvimento das pessoas.

Desse modo, a gestão do conhecimento qualificado guiará a empresa para resultados mais satisfatórios. Os colaboradores só vão gerar melhores resultados se forem dotados de habilidades e competências significativas.

Para elevar o nível das equipes, investir em programas de capacitação interna e externa é uma boa medida, a fim de que esses colaboradores cresçam e influenciem diretamente a expansão do negócio.

4. Estruturar os dados

Ao investir na capacitação dos colaboradores, a organização adequada dos dados mais essenciais à empresa se torna um projeto bem mais realista. Com profissionais treinados e motivados, a produção de informações incorretas e incompletas é bem menor.

Para organizar esses dados cruciais para a companhia, é importante encontrar uma forma de integrar as atividades das diversas áreas da instituição — como investir em um SGI. Esse sistema conecta todos os setores da empresa, possibilitando o cruzamento de informações e o mapeamento completo das oportunidades e do público-alvo do negócio.

5. Utilizar indicadores e métricas

Ao construírem e alimentarem um banco de dados otimizado, os gestores podem transformar as informações reunidas em números e métricas confiáveis. Desse modo, os dados passam a ser trabalhados e avaliados de forma racional.

O objetivo dessa organização detalhada das informações é proporcionar melhorias pontuais e acompanhar mais de perto os processos da empresa, além de fiscalizar:

  • resultados;
  • lucros;
  • prejuízos;
  • gargalos da companhia.

Com dados confiáveis em mãos, é possível atualizar e adequar todo o planejamento financeiro da empresa de acordo com os relatórios produzidos e conferidos pelos gestores. E, com o planejamento adequado, os recursos são alocados no crescimento integrado da companhia como um todo.

6. Apostar na inovação

A inovação é, basicamente, o fator que diferencia organizações estagnadas e instituições em expansão. As melhores oportunidades de negócio exigem respostas ágeis — o que faz com que as companhias inovadoras se destaquem.

Desde que aplicada aos desafios comerciais, não há motivo para enxergar a inovação como um procedimento exótico e incerto de experimentação. Inovações influenciam toda a cadeira produtiva, melhorando os produtos oferecidos, desenvolvendo novos e ajudando as empresas a alcançarem outros mercados.

Inovar deve ser uma etapa posterior à reunião de informações e ao estabelecimento de métricas eficientes, pois esses procedimentos identificarão os setores mais defasados da instituição.

7. Investir na automação dos processos

O mercado de trabalho conta com ferramentas tecnológicas de ponta acessíveis até para pequenas e médias empresas. A automação de processos de negócio é realizada por meio de softwares especializados, destinados a criar, gerenciar e executar tarefas repetitivas, liberando os colaboradores para trabalhos mais produtivos na organização.

Algumas das vantagens de automatizar processos são:

  • aumento da eficiência nas atividades da organização;
  • padronização de métodos de trabalho;
  • consistência nos processos;
  • monitoramento das atividades em tempo real;
  • identificação rápida das falhas;
  • flexibilidade, pois o controle de software pode ser reconfigurado de acordo com o desejo dos gestores.

8. Buscar uma consultoria especializada em TI

Para incrementar os negócios e as soluções de tecnologia de informação em sua instituição, é importante consultar profissionais qualificados que ofereçam tanto o desenvolvimento de um sistema inteiramente personalizado como a consultoria para um gerenciamento mais eficaz dos processos em sua organização.

Uma companhia desse nível não oferece apenas suporte, mas também soluções adequadas de acordo com as necessidades de cada cliente. O objetivo é agregar valor ao seu negócio e oferecer um serviço de ponta a um custo acessível. A transformação digital é um recurso disponível para empresas de todos os portes e segmentos.

Como vimos no artigo, investir na coleta e na análise otimizadas de informação é um grande passo para a expansão dos negócios e da base dos clientes.

A tecnologia pode ser uma aliada fundamental no crescimento sustentável de uma empresa e, junto à capacitação adequada dos profissionais, confere um grande impulso ao negócio.

Gostou do post e quer que outras pessoas conheçam este conteúdo? Então, compartilhe-o em suas redes sociais e ajude outras pessoas a dominarem o assunto.

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *