Entenda a diferença entre ISO 14000 e 14001

Toda empresa que quer adotar boas práticas ambientais, precisa conhecer a diferença entre ISO 14000 e 14001. Ambas se referem a normas que contribuem com a redução dos impactos da poluição ao meio ambiente.

A sigla ISO remete à International Organization for Standardization (Organização Internacional de Normalização), fundada em 1946 em Genebra, na Suíça. Seu propósito é promover um padrão de regras utilizadas por 164 países. Entre as famílias de normas mais conhecidas estão a 14000 e 14001, que tratam da gestão do meio ambiente.

Vamos falar mais delas no decorrer do post. Boa leitura!

O que diz a ISO 14000?

Para que você possa entender a diferença entre ISO 14000 e 14001, fizemos um compilado das informações. A ISO 14000 contempla um conjunto de normas aplicadas à gestão ambiental, em que a mais conhecida é a ISO 14001. As demais regras de certificação que compõem a família são utilizadas como apoio:

  • ISO 14001 estabelece os critérios para o Sistema de Gestão Ambiental;
  • ISO 14004 fornece diretrizes sobre Sistemas e Técnicas de Suporte;
  • ISO 14010 e 14011 indicam princípios gerais sobre auditorias ambientais aplicáveis a todos os exames de auditoria ambiental;
  • ISO 14012 define critérios fundamentais para qualificar auditores;
  • ISO 14013 guia a revisão da certificação;
  • ISO 14014 direciona a revisão inicial em todos os Sistemas de Gestão Ambiental;
  • ISO 14015 reúne os critérios necessários para uma avaliação do local;
  • ISO 14020 atua na rotulagem das embalagens e indica os impactos ambientais;
  • ISO 14031 propõe avaliações de comportamento ambiental e ferramentas para alcançar os objetivos ambientais;
  • ISO 14032 estabelece um guia de indicadores específicos para o setor industrial;
  • ISO 14040 orienta o ciclo de vida de produtos, serviços e processos e suas interações com o meio ambiente, desde o uso de recursos naturais até o descarte de resíduos;
  • ISO 14060 indica quais aspectos ambientais podem ser incluídos nos produtos fabricados pela organização;
  • guia ISO 64 baliza diretrizes, da criação de produtos até hábitos de consumo e reciclagem a fim de minimizar os impactos ao meio ambiente.

As normas da ISO 14000, que balizam a construção de um Sistema de Gestão Ambiental, têm credibilidade e aceitação mundial, além de darem mais eficiência às empresas que as adotam com o intuito de apostar em processos mais sustentáveis.

Qual a diferença entre ISO 14000 e 14001?

Para você entender melhor a diferença entre ISO 14000 e 14001, sempre que ver o número 14000 estamos falando de um conjunto de normas para implantar sistemas de gestão ambiental.

A ISO 14001, por sua vez, é uma das normas do conjunto. Por ser passível de certificação, é a mais utilizada. Foi criada nos anos 90 em um contexto que já envolvia a preocupação com o uso dos recursos naturais, questões climáticas e a poluição de ecossistemas.

Por isso, a diretriz tem como propósito conscientizar as organizações corporativas para que atuem de modo mais sustentável. Quando falamos em sustentabilidade, inclui desde o desenvolvimento de produtos até a gestão do negócio. Veja os principais impactos:

  • identificação dos aspectos ambientais da empresa;
  • redução do volume de recursos utilizados;
  • queda nas emissões de resíduos e efluentes;
  • gerenciamento do ciclo de vida do produto;
  • atitude proativa na preservação da biodiversidade.

Quem conquista a certificação ISO 14001 ganha reconhecimento como instituição com responsabilidade ambiental. Vale destacar que a norma é essencial para fechar contratos e estabelecer novas relações comerciais com indústrias e prestadores de serviços.

Como implementar um sistema de gestão ambiental eficiente?

Agora que você já conhece a diferença entre ISO 14000 e 14001, vamos falar sobre o sistema de gestão ambiental que pode ser implementado. Antes de adotá-lo, faça um mapeamento de processos e, a partir daí, determine quais operações geram impactos mais significativos ao meio ambiente.

Com os dados, a implantação de um sistema de gestão ambiental ganha eficiência a fim de gerar ações mais sustentáveis. Dessa forma, a empresa é capaz de qualificar os riscos ambientais e utilizar as normas para traçar melhorias contínuas. Saber a diferença entre ISO 14000 e 14001 também auxilia a implementar o processo e reduzir os impactos ao meio ambiente.

Tiramos suas dúvidas sobre as normas de gestão ambiental? Então, saiba como estar em conformidade com a ISO 14001!

Welerson Barros

Sobre Welerson Barros

Parceiro Delogic, consultor Sênior da Teorema, formação em Metalurgia e Mecânica, Auditor Líder - SGQ ISO 9001, IATF 16949 e VDA 6.3.Certificação de Produtos na ABNT. Mais de 20 anos de experiência na área do SGQ e Certificações de Produtos, instrutor de treinamentos, desempenhando atividades no Brasil e no Exterior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *