O que é gestão de pessoas e como ser um bom líder?

Com tantas discussões envolvendo tecnologia avançada no mercado de trabalho, o capital humano dentro das organizações pode acabar sendo negligenciado. Embora a transformação digital seja um avanço importante, o gerenciamento dos seus colaboradores é igualmente importante. Entenda mais neste post, o que é gestão de pessoas e ações práticas para implantá-la em seu negócio.


O principal objetivo desse tipo de estratégia é desenvolver habilidades e capacitar profissionais. Desse modo, essas pessoas se tornarão ainda mais aptas para gerar valor para a organização. Pensando nisso, preparamos um conteúdo especial para que você se familiarize com o conceito e seus pilares. Confira!

O que é gestão de pessoas?

O termo se refere a um conjunto de estratégias destinados a atrair, reter e administrar o capital humano de uma corporação. Ou, de forma direta, se relaciona ao gerenciamento necessário para que os profissionais estejam sempre motivados e bem preparados para encarar os desafios daquele negócio.

É importante estabelecer uma diferenciação entre esse conceito e a atuação direta do setor de recursos humanos. O RH está mais ligado às ferramentas e mecanismos necessários para a atuação dos profissionais em uma companhia, mas a gestão de pessoas vai além: ela utiliza esses instrumentos e transforma em ações efetivas de valorização dos colaboradores.

Desse modo, a gestão de pessoas em um negócio envolve diretamente os gestores e líderes, não se restringindo somente a um setor. É preciso manter os trabalhadores motivados e isso pode ser feito por meio de técnicas que os ajudem a desenvolver novas habilidades de forma contínua. Assim, esse crescimento vai garantir capacitação individual e desenvolvimento para o negócio como um todo.

Quais são as boas práticas de gestão?

A administração dos colaboradores humaniza as instituições, favorecendo a satisfação dos profissionais de diferentes setores. Apresentaremos agora alguns dos pilares de uma boa gestão de pessoas.

Participação

Destacamos primeiramente o processo que engloba todos os envolvidos dentro de uma empresa. Aqui, o que importa é o trabalho sustentável em equipe. Isso pode ser feito por meio de um ambiente colaborativo, em que todos se sintam estimulados a emitir opiniões.

Desse modo, é possível desenvolver o espírito de equipe e o respeito às normas e diretrizes da companhia como parte da cultura organizacional. Todas essas ações vão otimizar as relações interpessoais e fortalecer a criatividade e empatia dentro da empresa.

Capacitação

Já essa etapa se relaciona diretamente aos procedimentos de treinamento e capacitação dos colaboradores. O objetivo é aperfeiçoar sua contribuição e desenvolver novas habilidades por meio de ações como palestras e workshops.

O importante é que os profissionais se sintam devidamente preparados e confiantes para agregar valor ao negócio. Além disso, o próprio esforço da companhia em capacitar esse profissional é um importante fator de motivação para gerar mais rendimento das equipes.

Engajamento

Com colaboradores bem treinados e participativos, fica mais fácil engajar essas pessoas e envolvê-las em relação aos valores e a missão da empresa. Dessa forma, os profissionais vestem a camisa da companhia e retribuem toda a confiança depositada no trabalho realizado pelos setores.

Desenvolvimento

Com os setores devidamente alinhados com a implantação dos pilares mencionados, novos projetos podem ser colocados em prática com a ajuda de profissionais cada vez mais participativos, bem treinados e integrados à cultura organizacional.

Esse tipo de combinação representa o ápice do alinhamento entre os colaboradores e a empresa como um todo. Não só a produtividade será estimulada, mas também a criatividade e a busca por inovação — fatores que diferenciam efetivamente a empresa no mercado.

Como implantar em sua empresa?

A gestão ideal de pessoas aposta no equilíbrio geral entre colaboradores mais experientes e profissionais ainda novos no mercado, mas cheios de motivação. Os líderes ideais são aqueles que apostam no treinamento eficiente, recompensam aqueles que se destacam de forma justa e motivam todos ao seu redor. De forma mais objetiva, vamos conhecer algumas boas práticas para a implantação:

  • estabelecimento de formas diversas de repasse de feedback aos profissionais;
  • plano de carreira e evolução salarial baseados na produtividade e participação;
  • apresentação das metas mais valiosas da empresa para todo o quadro de colaboradores, sem distinção;
  • participação direta dos colaboradores na construção dos objetivos;
  • formas de comunicação interna destinadas a demonstrar os trabalhos de destaque (murais ou newsletters semanais, por exemplo);
  • disposição dos gestores e dos profissionais de gestão para escutar as demandas e ajudar os trabalhadores que estejam insatisfeitos;
  • treinamentos e capacitações especiais para sanar problemas e desenvolver os pontos fortes do negócio.

Agora que você já sabe o que é gestão de pessoas, pode começar a utilizar essas dicas para otimizar os processos dentro da sua própria organização. Como podemos ver, apostar nesse tipo de gerenciamento é uma forma de fortalecer os setores e valorizar os trabalhadores que representam a sua companhia.

Quer ler mais conteúdos como este? Então, aproveite e siga as nossas páginas no Facebook e no LinkedIn para receber mais conteúdos.

Célio Silva

Sobre Célio Silva

Desenvolvedor de software apaixonado pelo que faz, com mais de 8 anos de experiência, na maioria em Java, desenvolvendo e criando aplicações com as últimas tecnologias, aprendendo e quebrando paradigmas um pouco a cada dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *