Software customizável: a sua empresa precisa?

Os sistemas de gestão empresarial são uma ferramenta muito útil para otimizar os processos do negócio e torná-lo mais produtivo. Por outro lado, nem sempre os softwares prontos encontrados no mercado atendem às necessidades de todas as empresas, o que é resolvido com a adoção de um software customizável.

Muitos gestores ficam em dúvida na hora de optar entre um software pronto e uma solução customizável. Isso porque eles não enxergam claramente quais são as necessidades de personalizar o sistema de gestão e quais vantagens isso pode trazer para a empresa.

Quer saber quais são os diferenciais de um software customizável e se sua empresa realmente precisa de um? Acompanhe a leitura!

O que é um software customizável?

Um bom software de gestão, geralmente, apresenta os principais módulos necessários para o gerenciamento dos processos empresariais — como o financeiro, o estoque, a contabilidade, o controle de custos etc. Porém, muitas vezes, eles não são suficientes para atender a todas as necessidades das empresas, principalmente daquelas que atuam em segmentos mais específicos.

Um software customizável é um sistema versátil que, além de contar com todos os módulos básicos presentes nos softwares prontos, apresenta outras funcionalidades desenvolvidas especificamente para atender às expectativas da empresa contratante. Dessa forma, o software é personalizado de acordo com as ideias da empresa e é fiel a todas as características de seus processos, o que resulta em menos erros e mais produtividade no dia a dia do negócio.

Quando investir em um software customizável?

Muitas empresas optam por investir, inicialmente, em um software pronto, já que consideram que os sistemas mais genéricos são capazes de atender às suas necessidades atuais. Porém, à medida que o negócio vai crescendo, seus processos podem se tornar mais complexos e, até mesmo, novos podem surgir, de maneira que o software pronto se tornará insuficiente.

Mesmo quando o software pronto apresenta todos os módulos de que a empresa precisa, pode surgir a necessidade de acrescentar informações e regras importantes ao sistema, de acordo com as particularidades de cada negócio. Nesse momento, a empresa pode enfrentar dificuldades, já que implementar mudanças no software pronto pode ser uma tarefa complicada quando não se pode contar com a ajuda do fornecedor do sistema.

Por isso, o momento ideal para investir em um software customizável é quando a empresa verifica a necessidade de contar com um sistema mais completo. Isso, muitas vezes, ocorre quando se percebe que o software pronto já está inadequado, porém, não é preciso esperar que ele se torne obsoleto para fazer a mudança.

Além disso, caso a empresa ainda não adote nenhum software de gestão, é importante avaliar as vantagens de investir em um software customizável já como primeira opção. Para isso, é preciso fazer um levantamento das necessidades do negócio e conhecer bem os benefícios que um sistema customizado pode trazer.

Quais os motivos para adotar um software customizável?

Há diversos motivos pelos quais um software customizável pode ser a escolha ideal para otimizar os processos da organização. Os principais estão relacionados a uma maior produtividade e a um melhor aproveitamento dos recursos financeiros da empresa. Veja alguns deles a seguir!

Solução moldada às necessidades da empresa

O software customizável é moldado às necessidades do negócio, o que diminui muito a ocorrência de problemas no dia a dia e traz mais produtividade para as equipes. Isso porque, muitas vezes, os colaboradores perdem tempo tentando adaptar sua forma de trabalho às limitações impostas por um software pronto, o que gera gargalos nos processos e frustração para os profissionais.

Além disso, ao adotar um software customizável, com todos os módulos e funcionalidades necessários, a empresa evita ter que usar vários softwares diferentes para cumprir o mesmo objetivo. Isso diminui custos com licenças e manutenções nos sistemas, além de perdas de tempo quando surge a necessidade de contar com um suporte especializado.

Maior independência

As limitações de um software pronto impedem que a empresa implemente inovações e mudanças que poderiam melhorar o desempenho do negócio como um todo. Nesse caso, em vez de ser uma aliada, a tecnologia pode se tornar um empecilho para a empresa. Além de resolverem esse problema, as companhias que desenvolvem softwares customizáveis geralmente oferecem um suporte mais próximo ao cliente, o que traz ainda mais independência e agilidade na resolução de problemas.

Possibilidade de adaptação

Para que o software tenha um bom desempenho, é preciso que ele se adapte às necessidades da empresa — que estão em constante mudança. Assim, sempre que uma regra de negócio ou processo passa por uma modificação, é preciso que o software seja flexível o suficiente para se adequar à nova realidade.

Nesse momento, é importante contar com uma empresa desenvolvedora confiável, que busque entender as expectativas da organização e intervir da melhor forma possível. Assim, é viável fazer adaptações com segurança e atingir os resultados desejados sem dores de cabeça desnecessárias.

Melhor retorno sobre o investimento

Muitas empresas optam por um software pronto por se tratar, muitas vezes, de uma solução mais barata, o que parece algo atrativo, principalmente para pequenas companhias. Porém, é preciso pensar também sobre o custo-benefício e o retorno no longo prazo, para que a empresa possa investir seu dinheiro de maneira mais satisfatória.

Inicialmente, o investimento em um software pronto pode ser realmente menor, mas, depois, a empresa pode gastar muito mais dinheiro ao tentar fazer adaptações nele, integrá-lo com outros sistemas ou, até mesmo, substituí-lo, caso se torne obsoleto.

Além disso, é preciso considerar o tempo e, consequentemente, o dinheiro que a empresa perde com os erros e gargalos gerados nos processos, simplesmente porque o software não é capaz de se adaptar às regras e às necessidades do negócio. Em um primeiro momento, os colaboradores podem tentar utilizar o software mesmo sem todas as funcionalidades necessárias, mas, a longo prazo, isso gera impactos negativos na produtividade e na lucratividade.

Como você viu, investir em um software customizável é uma boa opção para empresas que buscam uma solução sob medida, que permita otimizar os processos e esteja sempre atualizada. Além disso, a empresa fica mais livre para implementar novas ideias e melhorar os resultados do negócio, já que os desenvolvedores podem criar uma aplicação exatamente como ela imagina.

Você ainda tem dúvidas sobre o assunto e não sabe qual é o melhor tipo de software de gestão para sua empresa? Saiba como escolher entre software pronto e customizável!

Célio Silva

Sobre Célio Silva

Desenvolvedor de software apaixonado pelo que faz, com mais de 8 anos de experiência, na maioria em Java, desenvolvendo e criando aplicações com as últimas tecnologias, aprendendo e quebrando paradigmas um pouco a cada dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *